Vendas online crescem 28% no Brasil, e podem dobrar! – Jornal Contábil


Os números de vendas online no Brasil, não param de surpreender positivamente.

Em 2020, as vendas online cresceram 34,76% no Brasil.  Em 2021, o crescimento ainda foi forte, em 28,45%. A expectativa é que em 2022 e nos próximos anos, o crescimento fique em 20% ao ano, e que em 2025 o volume de vendas já chegue em até impressionantes R$465 bilhões de reais.

É o que revela um estudo divulgado pela plataforma de descontos CupomValido.com.br, com dados da Statista sobre as vendas no e-commerce no Brasil.

A taxa de crescimento anual de 20%, é a maior dentre todos os países, e quase duas vezes maior que a média mundial (11,3%).

O crescimento de compras online no Brasil é alto, pois o índice de penetração (porcentagem das pessoas que realizam compras online cotidianamente) ainda é baixo. No Brasil, apenas 49% das pessoas realizaram uma compra online nos últimos 12 meses. Apenas como comparação, no Reino Unido (país líder neste fator), o índice de penetração é de 84%.

Com relação aos compradores online, em 2021 o número era de 114 milhões. Em 2022 a projeção é de 123 milhões. E em 2025, o número é de 138 milhões – um crescimento de mais de 12%.

Fonte: Statista, CupomValido.com.br

Preferência entre os brasileiros

Os vestuários são os produtos mais comprados online pelos brasileiros. Em segundo lugar ficam os eletrônicos, como TVs, smartphones e notebooks. Os calçados ficam na terceira posição. Em seguida, entre os mais vendidos, ficam os acessórios, produtos de farmácia e comida.

A maneira preferida dos brasileiros realizarem as compras online, é via Smartphone, seguido pelo Notebook e Computador (PC). O Tablet e Smart TV, ficam quarta e quinta posição, respectivamente.

Segundo a pesquisa, os 3 principais fatores que os brasileiros consideram como vantagens da comprar online, são: a entrega diretamente na residência, promoções com preços menores que as lojas físicas, e a grande variedade de produtos ofertados.

Em contrapartida, os 3 principais fatores negativos, são: a dificuldade em realizar troca, a demora no tempo de envio e não ter a possiblidade de contato prévio com o produto.

Fonte: Statista, CupomValido.com.br

FonteStatistaCupomValido.com.br



Fonte Original