Reforma eleitoral é destaque na reunião do MCCE no plenário do CFC


Por Luciana Melo Costa
Comunicação CFC

A Diretoria do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) se reuniu na manhã de hoje (31) para dar andamento à agenda de ações propostas pela entidade. Na ocasião, o conselheiro do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Haroldo Santos Filho, e diretor do MCCE, abriu os debates tratando da reforma eleitoral, cujo Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 112/21 está em tramitação na Câmara dos Deputados.

Haroldo Santos Filho, conselheiro do CFC e diretor do MCCE.
Crédito: Fábio Pinheiro

A previsão é que o PLC seja colocado em votação no próximo dia 2, no plenário da Casa. A proposta visa congregar toda a legislação referente às questões eleitorais em um único código.  

A importância do assunto para os membros da diretoria do MCCE fez com que o tema dominasse a pauta de discussões. Mais cedo, o conselheiro Haroldo falou sobre o assunto. “Vamos abrir os trabalhos hoje tratando da Reforma do Código Eleitoral porque é o que mais nos afeta atualmente e a gente está esperando que isso seja votado agora pelo Congresso”, disse.

O conselheiro destacou ainda a relevância da participação do CFC na diretoria do MCCE. “Não há como se falar em transparência em registros contábeis numa campanha eleitoral, num partido político, ou do uso de uma verba pública, sem que tenhamos a expertise de um profissional da contabilidade. Espero que a gente continue sempre dando essa contribuição e fazendo por merecer essa posição no MCCE”, concluiu o conselheiro.

Reunião do MCCE no plenário do CFC.
Crédito: Fábio Pinheiro

O evento foi realizado na modalidade híbrida, contando com alguns membros presentes na sede do CFC, em Brasília-DF. A reunião marcou a retomada dos eventos presenciais do grupo e seguiu todas as normas sanitárias necessárias para esse tipo de acontecimento.

MCCE – O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral é uma rede formada por 72 entidades da sociedade civil, movimentos, organizações sociais e religiosas que tem como objetivo combater a corrupção eleitoral, bem como realizar um trabalho educativo sobre a importância do voto visando sempre a busca por um cenário político e eleitoral mais justo e transparente.



Fonte Original