INSS começa a pagar R$ 1.100 para os aposentados e pensionistas


O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a pagar R$ 1.100 para os aposentados e pensionistas, nesta quarta-feira (25). Os depósitos são referentes ao mês de agosto.

Primeiro recebem os aposentados e pensionistas que recebem um salário mínimo e em seguida os que recebem acima de um salário. O grupo que recebe acima de um salário poderá sacar o valor a partir de 1° de setembro, conforme o calendário do INSS.

Para quem recebe 1 salário mínimo e tem o final de NIS 1, o pagamento começa no dia 25 de agosto, final 2 no dia 26, final 7, no dia 27 e assim sucessivamente até 8 de setembro.

Para os que recebem acima de um salário, o pagamento começa no dia 1° de setembro para quem tem o NIS finais 1 e 6, no dia 2, finais 2 e 7, no dia 3, finais 3 e 8 e assim sucessivamente até 8 de setembro. Veja o calendário completo.

Pente-fino do INSS

O INSS está notificando 170 mil beneficiados que recebem o antigo auxílio-doença (atualmente benefício por incapacidade temporária). Quem receber a carta do INSS tem 30 dias para agendar a perícia média, quem não realizar o exame poderá ter o benefício suspenso.

O pente-fino é para convocar os segurados que estão com os dados irregulares ou pendentes, também segurados contemplados por algum benefício previdenciário por um período superior a 10 anos poderão passar pelo pente-fino.
Mas, existem pessoas que estão isentas de passar pelo pente-fino, Confira:

  • Aposentados por invalidez;
  • Pensionistas inválidos que não exerçam atividade profissional e que tenham 60 anos ou mais;
  • Aposentados e pensionistas, ambos inválidos que não exerçam atividade profissional, que tenham 55 anos e recebem o benefício há, pelo menos, 15 anos;
  • Beneficiários portadores do vírus HIV/Aids.

Devido à variante da Covid-19 está em algumas cidades do país, as pessoas do grupo de risco, deverá fazer o procedimento de atualização cadastral pelo portal Meu INSS, site ou aplicativo.

No entanto, quem desejar fazer a atualização presencialmente, precisará agendar uma data para comparecer a uma agência do INSS. O agendamento para ser feito através da central de atendimento, telefone 135, selecionando a alternativa “Entrega de documentos por convocação”.

No entanto, se o segurado optar por atualizar os dados cadastrais no formato presencial, é necessário fazer o agendamento do atendimento pela Central de Atendimento pelo número 135. Durante a ligação, é necessário selecionar a alternativa “Entrega de documentos por convocação”.

14º Salário do INSS

Os aposentados e pensionistas estão à espera do 14° salário desde 2020. O Projeto de Lei 3657/20 que propõe a criação de um 14° salário emergencial para os segurados do INSS, é de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS).
No ano passado, o projeto não conseguiu ser aprovado, e está ainda disponível para ser apreciado e aprovado em 2021.

Para 2021, dificilmente será possível a liberação do 14° salário, isso porque, só para pagar o 13° salário, o governo desembolsou mais de R$ 50 bilhões, logo, se trata de uma medida que impactará profundamente o Orçamento da União.



Fonte Original