Força inovadora que mantém a classe em constante evolução


Por Luciana Melo Costa
Comunicação CFC

Muito do dinamismo da classe contábil é respaldado pela representatividade dos profissionais recém-formados que compõem a área da contabilidade. Esse grupo é o que melhor absorve as mudanças impostas pelo avanço tecnológico, pela economia e pelo forte apelo ambiental, refletidas principalmente no mercado de trabalho, que impõem aos profissionais um perfil mais dinâmico e resiliente.

Ciente da importância desse grupo para a evolução da classe contábil, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), criou, em 2004, o Projeto CFC Jovem. A iniciativa, cujo objetivo é integrar profissionais recém-inseridos no Sistema CFC/CRCs, tem voltado suas ações à formação de jovens líderes, ao fomento ao empreendedorismo e ao engajamento nas ações de responsabilidade social.

O projeto está em atuação em todos os Conselhos Regionais de Contabilidade, se fazendo presente a partir de ações como realização de lives, mobilizações, entre outras coisas, que reúnem jovens profissionais da contabilidade por todo o país. O Projeto CFC Jovem é atualmente coordenado por Luana Aguiar, que destacou a relevância do projeto na modernização da profissão, na promoção da continuidade de profissão e na representação dentro da sociedade organizada. 

Foto: arquivo pessoal

“Inserimos eles (profissionais recém-formados) no Sistema CFC/CRCs e eles acabam contribuindo nessa jornada de se adaptar e encontrar meios de se destacar frente a essa modernização que vive nossa profissão. Com isso, ajudamos muitos outros profissionais que passam por dificuldades nessa revolução”, afirma a coordenadora.

A motricidade do projeto vem da energia desse público que ingressa na área e adentra o Sistema CFC/CRCs com expectativas e anseios em relação à classe contábil. Mesmo em um curto tempo de coordenação do projeto, iniciado em junho deste ano, Luana vê positivamente esses sentimentos e fala com entusiasmo sobre isso.

“Os anseios são vários, mas o principal é o de agregar valor para a nossa classe contábil. Eles manifestam grande interesse em revolucionar ainda mais a nossa profissão, com várias ideias, questionamentos e principalmente como muita vontade de fazer acontecer. Nós, do CFC Jovem, estamos aqui para isso, para fazer acontecer junto com eles”, ressalta.

A comissão do Projeto CFC Jovem inicia suas atividades com grandes desafios, como a reforma curricular do curso de Ciências Contábeis, que propõe a alteração da Resolução CNE/CES nº 10, de 16 de dezembro de 2004, em andamento no país. Para Luana, a reformulação curricular é fundamental à modernização da profissão e ao atendimento das demandas de mercado, entretanto seu acontecimento por si só não é suficiente à evolução atividade contábil e destaca a importância da educação continuada nesse processo.

“O contador é um grande aliado da economia brasileira e que acompanha, desse modo, a transformação do mercado. Precisamos manter o currículo de Ciências Contábeis alinhado com isso, tendo em vista que o impacto do profissional da contabilidade na economia e no desenvolvimento sustentável do país. Mas isso por si só não impacta a formação do novo perfil do profissional contábil, esses novos profissionais também precisam buscar uma educação continuada para estarem sempre se atualizando, precisam estar sempre presentes em eventos para saber o que o mercado está utilizando, exemplo esse como Encontro de Jovens Lideranças que teremos no RJ.

Para discutir essas e outras mudanças e seus impactos na contabilidade, será realizado o 5º Encontro Nacional de Jovens Lideranças Contábeis (ENJLC), que acontecerá no Riocentro, Rio de Janeiro (RJ), nos dias 20 e 21 de outubro deste ano.  Os interessados em participar podem fazer sua inscrição no endereço eletrônico enjlc.com.br.

O evento abordará temas como empreendedorismo, protagonismo contábil dos jovens, Metaverso e o mundo dos negócios, e muitos outros assuntos. Além do atrativo temático, o evento também proporcionará uma grande oportunidade de os participantes iniciarem ou aperfeiçoarem sua rede de contatos e de conhecerem as últimas novidades no mercado de trabalho, trazida pela feira de negócios que se fará presenta a ocasião.

A coordenadora do CFC Jovem lembra que o 5º ENJLC será um momento histórico pois acontece quatro anos após a última edição do evento. “Iremos nos reencontrar após dois anos de pandemia e de muita saudade”, força Luana.

O evento também promoverá a chance de os profissionais recém-formados conhecerem o Projeto CFC Jovem e de ingressarem nessa iniciativa. Mas, àqueles que tenham interesse em engajar no projeto antes mesmo do evento, Luana reitera o chamado e deixa o convite. “Procurarem o seu Conselho Regional de Contabilidade e manifestem o interesse de integrar o projeto. Tenho certeza de que serão muito bem-recebidos”, conclui Luana.



Fonte Original