confira dicas para impulsionar o seu empreendimento


Por Sheylla Alves

Comunicação CFC

Neste 5 de outubro, comemoramos o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. Uma data que ressalta a importância desses empreendimentos na base econômica do nosso país. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia, em 12 de setembro de 2022, as micro e pequenas empresas (MPEs) representam 99% do total de empresas brasileiras e são responsáveis por 62% dos empregos e 27% do Produto Interno Bruto (PIB). Além disso, mais de 40% dos microempreendedores individuais (MEI) são mulheres empreendedoras, dados significativos para o Brasil, que reportam um cenário pós-pandemia em um mundo que também enfrenta os efeitos de uma guerra entre a Rússia e a Ucrânia.

O profissional da contabilidade possui um papel fundamental enquanto parceiro, auxiliar e condutor no empreendedorismo, além de ser essencial para o desenvolvimento dessas empresas. Um dos projetos realizados pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) é o denominado Contador Parceiro, que é um case de sucesso com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Esse projeto tem auxiliado empreendedores a desenvolverem os seus negócios, uma tarefa essencial do contador.

Para o conselheiro do CFC, Elias Dib Caddah Neto, muitos pequenos empreendimentos acabaram se reinventando no momento de crise no Brasil, “o microempreendedor, por exemplo, teve muito mais oportunidades de formalizar a condição de empresário e de reinventar os seus processos. Acompanhamos um aumento expressivo nas vendas on-line, que também cresceram com a formalização de inúmeros negócios ao redor do país”, explicou.

Foto: Conselheiro do CFC, Elias Dib Caddah Neto/ acervo pessoal

A realidade é que muitas pessoas foram levadas ao empreendedorismo, seja por seus sonhos ou suas necessidades. Esse crescimento expressivo de micro e pequenas empresas faz com que o papel do contador seja ainda mais requisitado. Para Elias, o contador é indispensável para o crescimento e a manutenção empresarial, além de auxiliar em momentos de crises, sejam estas internas ou externas.

O contador deixou de ser apenas um orientador para aqueles que estão iniciando um negócio, hoje a realidade vai além e o contador acaba se tornando, segundo Elias, “efetivamente um estrategista dentro da organização, até mesmo nas buscas de orientações relacionadas às questões financeiras e tributárias no que diz respeito ao planejamento estratégico. É o contador que auxilia nesse planejamento, que tem o papel de manter viva a empresa, contribuindo socialmente para o país, afinal, se a empresa vai bem, ela gera, consequentemente, um retorno positivo para a economia do país”, detalhou.

Criar e manter um negócio não é algo fácil. Por isso, separamos algumas dicas para auxiliar tanto o micro e pequeno empreendedor, como também os contadores que querem garantir o sucesso para as empresas que prestam seus serviços. 

  1. Tenha um contador

Como já foi dito, a contabilidade não é mais vista apenas como um serviço técnico. Atualmente, o contador presta um serviço de assessoria para as micro e pequenas empresas, atuando como auxiliar no gerenciamento de um negócio. “É o contador que irá orientar o empresário a lidar com questões práticas no gerenciamento financeiro e tributário do empreendimento. Além de ser exatamente no momento de crise que a participação e a orientação de um contador são mais requisitadas”, contou Elias.

  1. Crie um bom plano de negócios

Um bom planejamento pode definir o sucesso do seu empreendimento, não importa o tamanho dele, sem planejamento é difícil que dê certo. Defina metas de curto, médio e longo prazo, controle todas elas por meio de monitoramentos específicos, assim será possível observar o crescimento do seu negócio e ajustar o que for necessário durante o percurso. Para o conselheiro Elias, “a criação de um bom plano de negócios permeia onde a empresa pode atuar, qual mercado, produto ou serviço pode oferecer, além de um estudo detalhado de todo o cenário que ajuda a perceber o comportamento do mercado”, contou.

  1. Tenha um planejamento estratégico

E por falar em planejamento, não podemos esquecer daquele que vai te auxiliar em momentos mais intensos do gerenciamento empresarial. O planejamento estratégico é uma forma de conduzir o seu negócio. Pensar o projeto, especificar o processo, criar e executar estratégias que condizem com a finalidade da sua empresa. É essencial que a estratégia defina as metas, as formas de falar com o público que almeja o seu produto e serviço, formas de lidar com as tomadas de decisões e de executar as ações com a finalidade de alcançar os objetivos do seu empreendimento. É por meio do planejamento estratégico que o empresário vai poder verificar se o seu negócio pode crescer ou se vai ter que recuar, e quais planos ele pode traçar para alcançar novos horizontes. É muito importante que um profissional contador esteja inserido nessa criação estratégica, Elias citou que o contador é, “dentro dessa linha de atuação, um consultor de primeira hora para o empresário, para que ele possa se manter efetivamente dentro dos trilhos com o seu negócio”.

  1. Mantenha as finanças em dia

Ter um olhar crítico sobre os gastos da empresa é essencial, além disso o contador vai proporcionar uma visão esclarecedora diante de dados tributários e financeiros quando necessário. Elias reitera que “buscar reduzir os gastos de uma empresa é algo que qualquer empreendedor quer, mas isso, é claro, sem perder a qualidade do produto ou serviço. Diante de uma crise, por exemplo, estar com as finanças organizadas é fundamental para atravessar com menos turbulência”, explicou.

  1. Explorar novas ofertas de serviços e produtos

Uma grande explosão no universo empresarial foi o e-commerce. Com a pandemia, pequenas empresas surgiram ou se reinventaram no ambiente on-line. Essas empresas, muitas migradas para o universo digital, movimentaram quase 2,3 bilhões em 2021. Então, explorar novas formas de oferecer o serviço ou produto pode render bons resultados e impulsionar o seu negócio, claro que tudo feito com cautela e auxílio especializado.

Que tal começar agora? Empreender também exige coragem para começar. Não esqueça que um contador ao seu lado é essencial para o seu sucesso.

A reprodução deste material é permitida desde que a fonte seja citada.



Fonte Original