Como saber se algum parente que morreu deixou seguro de vida? – Jornal Contábil


O interesse pelo seguro de vida está em alta no Brasil, esse crescimento pode ser visto com base nos dados da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) que apontam um crescimento anual de 10% nos últimos cinco anos.

Com a elevada alta no interesse dos brasileiros com o seguro de vida, uma dúvida muito pertinente realizada pelas pessoas é como descobrir se um familiar que já faleceu deixou um seguro de vida?

Já pensou você nem ao menos ter ideia de que possui uma boa quantia para receber de um seguro de vida que você, nem sabe que existe? Essa é a realidade de algumas pessoas no país.

Como saber se um parente falecido deixou seguro de vida?

Caso você queira descobrir se algum parente ou pessoa próxima que faleceu deixou algum seguro de vida, é importante esclarecer que existem sim algumas possibilidades para checar essa informação.

Vejamos algumas maneiras mais comuns que podemos recorrer para identificar se um familiar deixou seguro de vida:

  • Fale com o corretor de seguros de sua família, caso tenham;
  • Confira se existe algum débito mensal automático nas contas bancárias do falecido em que seja discriminado “seguro de vida”;
  • Consulte no contracheque do falecido se existe algum desconto de parcela do seguro de vida;
  • Converse no RH da empresa que o falecido exercia para saber se existia algum tipo de benefício oferecido;
  • Entrem em contato com possível corretora ao qual o falecido tinha relação;
  • Entre em contato com os bancos aos quais o falecido tinha conta.

Outra maneira de procurar informações é que o interessado procure a CNseg para realizar uma consulta sobre a possibilidade do falecido ter deixado algum seguro de vida.



Fonte Original